Te disseram que você deveria ser uma boa pessoa, e fazer o melhor com o pior que recebesse dos outros. Te ensinaram o significado do perdão, olhar os outros com compaixão, saber se colocar no lugar de outrem. Te pediram pra que sempre mantivesse o sorriso estampado no rosto e a cabeça erguida, independente da força com que a vida te batesse. Te disseram que o melhor remédio após uma queda é levantar-se, e provar que é forte pra continuar seguindo em frente, por mais terrível que seja o terreno. Mas esqueceram de dizer que as pessoas gostam de quem tudo perdoa, e erram sem pensar duas vezes, magoam como se nada fosse mudar. Esqueceram de dizer que você irá se desculpar muitas vezes durante a vida, e nem sempre irão aceitar seu pedido de perdão. Poderiam ter te falado que ser a melhor pessoa em qualquer situação, te colocará numa sarjeta fria e escura, até você preferir estar morto. Esqueceram de dizer que levantar-se às vezes é loucura, e o melhor a se fazer é poupar-se de esforços inúteis, colocar as mãos na nuca e observar a imensidão do céu. Esqueceram de dizer que as pessoas estão sempre de partida, não disseram sobre a miséria, sobre os suicídios e a causa deles. Não disseram que continuar sorrindo pode ser mais doloroso do que derrubar até a ultima lágrima. Só te fizeram acreditar que o mundo seria melhor caso você também fosse, e nunca é.
Olhos inchados de amar sozinha.
Mas o sorriso? ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.
Caio Fernando Abreu. 
(via viversentiramar)

(via viversentiramar)

4 days ago
2,442 notes
Ela será única. Você conhecerá outras pessoas, terá um flashback com a sua ex namorada, terá uma nova namorada, mas ela continuará sendo a sua preferida. Provará outros beijos, se sentirá frustrado, algumas vezes, ao perceber que aquela loira linda da festa não beija tão bem assim. Passará a mão em outros cabelos, alguns mais longos, outros mais curtos, mais cheios, mas de qualquer forma, sentirá falta dos cabelos dela, que de tão pouco se perdiam nos seus dedos. Você sentirá outros perfumes, amadeirados, cítricos, doces, e sentirá falta do cheiro da pele dela, que tinha um cheiro tão bom que te fazia fechar os olhos e suspirar fundo. Você chorará, toda noite, baixinho, sentindo a maior saudade que você já sentiu em toda a sua vida. Olhará para os lados, verá a vida passando, e sentirá uma falta quase mortal da vida que ela te proporcionava todos os dias. Você entenderá que a amava. Você entenderá que a ama. Você entenderá que ela será eterna. E-t-e-r-n-a. Você, ao conhecer outras com o mesmo nome, sentirá um aperto no peito ao dizer que esse nome é lindo, sentirá suas mãos tremerem ao lembrar que dizia que esse seria o nome da filha de vocês. O seu celular, ao tocar, após anos, após milhares de vezes, ainda desejará realizar uma ligação de vocês, aonde ela dirá que ainda te espera, e você dirá que está indo buscá-la, assim como em um texto que um dia ela escreveu. Você irá ler, palavra por palavra de tudo que ela escreveu um dia, e se surpreenderá ao ver que ela suplicava por você. Você se sentirá um idiota. Mas ela, ela continuará sendo única. Ela continuará sendo sua. Você continuará sendo dela. Mas a vida continuará. Ela fará um esforço descomunal para te esquecer, talvez, por alguns anos, ou até que toque a música de vocês, conseguirá. Lembrará de vocês com uma pequena tristeza mas com um grande afeto, assim como ela sempre disse, você ainda será a escolha dela, mas infelizmente, a vida lhe deu outras opções … Reticências, sua vida será repleta delas, assuntos não terminados, desejos não obedecidos, o maior e único amor da sua vida, perdido pela sua incapacidade de amar alguém. Você virá um dia para perto da casa dela, pensará uma, duas, três, mil vezes em um jeito de tentar achá-la, de descobrir se após tantos anos, ela ainda irá morar ali. Ela, irá para perto da sua casa, passará na sua rua uma, duas, três, mil vezes, na intenção de que você a veja e diga : ” Finalmente “. Ela passará mesmo na sua rua, porque sempre foi mais decidida que você, você ficará só planejando.
Autor Desconhecido.    (via garotaesuasfases)

(Source: retratou, via viversentiramar)

4 days ago
116,311 notes
Eu sei que atrás desse universo de aparências, das diferenças todas, a esperança é preservada. Nas xícaras sujas de ontem o café de cada manhã é servido. Mas existe uma palavra que não suporto ouvir e dela não me conformo. Eu acredito em tudo, mas quero você agora! Eu te amo pelas tuas faltas, pelo teu corpo marcado, pelas tuas cicatrizes, pelas tuas loucuras todas, minha vida. Eu amo as tuas mãos, mesmo que por causa delas eu não saiba o que fazer das minhas. Amo o teu jogo triste e as tuas roupas sujas é aqui em casa que eu lavo. Eu amo a tua alegria mesmo fora de si, te amo pela tua essência e te amo até pelo que você podia ter sido, se a maré das circunstâncias não tivesse te rebanhado nas águas do equívoco. Te amo nas horas infernais e na vida sem tempo. Te amo pelas crianças e futuras rugas. Te amo pelas tuas ilusões perdidas e pelo teus sonhos inúteis. Amo teu sistema de vida e morte, te amo pelas tuas entradas, saídas e bandeiras e te amo desde os teus pés até o que te escapa. Te amo de alma para alma e mais que as palavras, ainda que seja através delas que eu me defendo quando digo que te amo mais que o silêncio dos momentos difíceis, quando o próprio amor vacila.
Fernando Pessoa. (via illumsun)

(Source: desafagos, via illumsun)

5 days ago
354 notes
Prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé, vai tentar olhar para si mesma, com meus olhos.
— Tenho certeza de que há uma dúzia de homens esperando uma chance de convidá-la para sair.
— Só preciso de um.
Não sei muita coisa, mas procuro estar com os olhos e ouvidos abertos para absorver tudo que a vida me dá. E eu amo, amo demais. Tenho um amor imenso pelas pessoas que são importantes na minha vida. Hoje, consigo separar e saber quem é meu amigo, quem é colega, quem é conhecido. Apesar disso, convivo bem com as pessoas. Pouca gente sabe a fundo da minha vida e de mim, não gosto de me expor.
Mas o sorriso? ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.